17
escrito por The Earth 7lk

Refeições

Muitos descrevem que as refeições realizadas pelos astecas ocorriam duas vezes por dia, sendo a primeira feita entorno de nove horas da manhã e a segunda aproximadamente ás três da tarde. Essa conduta se assemelhava ao costume europeu contemporâneo.

Existem incertezas se o consumo de ‘atolli’ – mingau de aveia de milho, era considerado uma refeição ou não. Pensando em quantidade de calorias, podemos considerar a hipótese verdadeira, pois possuía números bem parecidos em calorias do que várias tortillas consumidas.

As Festas e Celebrações

Existiram várias celebrações que rodearam os costumes Astecas durante as festividades e banquetes. Antes de uma refeição, por exemplo, alguns servos traziam fragrâncias de tabaco e ás vezes de flores para que os convidados esfregassem suas cabeças, mãos e pescoços. Também, antes de comer, cada indivíduo pegava um pouco de comida e jogava no chão, fazendo uma oferenda para o deus Tlaltecuhtli.

A coragem militar sempre foi apreciada em meio aos astecas e a ordem e movimentos das pessoas sentadas à mesa imitavam o movimento dos guerreiros. Os tubos de fumaça (feitos com as essências citadas anteriormente), passavam da mão esquerda do servo para a mão direita do convidado e assim se seguia pela mesa. Isso era uma imitação de como os guerreiros recebiam seus atlatls (armamento de guerra que proporcionava grande força ao lançamento de lanças) e escudos. As flores distribuídas obtinham diferentes nomes: “Flores de Espada” – quando eram passadas da mão esquerda para a direita, e “Flores de Escudo” (ou “Flores de Proteção”) – quando passavam da mão direita pra a esquerda.

A cozinha asteca

Ao comer, suas tigelas eram mergulhadas com a mão direita no molho e depois mergulhavam as tortillas ou tamales (que eram entregues em cestas, carregadas com a mão esquerda).

A refeição era finalizada com um chocolate, geralmente servido em uma cabaça, juntamente com um “galho” para mexer.
Mulheres e homens ficavam separados nos banquetes, e de acordo com alguns estudiosos, somente os homens tomavam a bebida de chocolate. As mulheres gostavam mais do posolli (mingau de milho feito com um milho fino, de alta categoria) ou do pulque (espécie de licor Asteca).

Alguns anfitriões mais ricos recebiam seus convidados em seus quintais e militares mais velhos realizavam danças culturais. As celebrações começavam à meia-noite, alguns bebiam chocolate e comiam cogumelos alucinógenos para contar suas experiências para os visitantes e outros convidados. Antes do amanhecer, iniciava-se uma cantoria e oferendas eram queimadas no quintal para que fossem asseguradas as fortunas das crianças dos anfitriões. Na alvorada, as flores, os tubos de tabaco e a comida que ainda restavam eram doados aos pobres que tinham sido convidados ou para os servos.

Assim como em todos os outros aspectos da vida, os Astecas deram ênfase à dualidade de todas as coisas, e no final de cada banquete o anfitrião era lembrado pelos mais velhos de sua mortalidade e que ele não deveria sujeitar-se ao orgulho.

A Preparação dos Alimentos

O principal método de preparação de alimentos era o cozimento, feito também através de vapor. Era realizado em potes (ou jarras) de barro chamados (as) de ‘xoctli’ na linguagem nativa (o Nahuatl), que traduzindo para espanhol ficaria olla (jarro ou pote).

Esses potes eram preenchidos com comida e esquentados no fogo. Para o cozimento era adicionado um pouco de água ao pote. Envolviam os milhos com uma casca, formando as tamales (pamonhas), sendo posteriormente colocadas em uma estrutura feita de galhos, no centro do pote. Existem muitas referências relatadas por historiadores espanhóis de que eram realizadas frituras, não com gordura, mas sim com um determinado melado. Esses dados também são comprovados pela evidência de que foi inexistente a extração em larga escala de óleo vegetal e de que não foram encontrados recipientes apropriados para a realização de frituras com óleo.

Tortillas, casseroles (cozido), tamales e os molhos foram as iguarias mais comuns entre os Astecas. A pimenta e o sal foram temperos encontrados em todos esses alimentos, e na mais comum de todas as refeições, as tortillas eram mergulhadas em pimentas moídas com um pouco de água.

Pimenta

Massas eram usadas para envolver a carne, ás vezes até mesmo um peru inteiro era encoberto antes de ser cozido. Nas maiores cidades Astecas, existiam vendedores que comercializavam todos os tipos de alimentos e temperos. Diversos tipos de atolli e de refeições líquidas podiam ser comprados.

Alimentos

As principais refeições dos astecas incluíam abóbora e milho e eram freqüentemente adicionadas de pimenta e tomates. Além dos alimentos já citados, os astecas também obtinham um pequeno camarão (chamado acocils) e algumas algas do Lago Texcoco. Refeições regadas desses ingredientes eram ricas em {pt:flavonóide}. Embora a dieta da maioria da população era vegetariana, eles não possuíam déficits de proteínas, pois consumiam alguns insetos, como: grilos (‘chapulines’), larvas e formigas. Alguns insetos possuíam quantidade de proteína superior ao de carnes e atualmente são tratados como iguarias em algumas partes do México.

Mulher Asteca

Por The Earth

Acabou a leitura? Talvez você se interesse por isso:

17 Comentários para 'A Cozinha Asteca':
  1. Eu mesmo . . disse:

    Alguem ai Sabe sobre os Costumes dos Astecas?

  2. boaxona(euxinha)xD disse:

    ate foi util na noxa pexkixa
    kontinuem

    bjx extragadux

    xD

    lol

    ;p

  3. karla falcão disse:

    Olá,
    minha filha precisava de algumas informações, sobre a cozinha Asteca, para uma pesquisa escolar, e por isso descobrimos esse texto. Gostei muito, peguei as informações que precisava e aprendemos mais um pouco sobre a variedade e riqueza de culturas tão antigas.
    Obrigada
    Karla

  4. Daiana Faria disse:

    eu presiseio de uma pesquisa escolar sobre os astecas e eu comsigui aqui

  5. Carol disse:

    Eu Gostei muito do site de vcs ele tem bastante informações mas eu poderi pedir para vcs para tentar por politica,economia e sobre a capital do atual mexico na quele tempo que era TENOCHTITLÁN mais fora isso o site de vcs é ótimo e ele é muito educativo para trabalho de escolas .
    Grata Carol…

  6. malucoxix doidão disse:

    Chique bicho!

    achei sinistro essa parada aí!

    Valeu!!!

    Malucoxix doidão!!!S2 ; )~

  7. Luiz disse:

    Nossa, esse site tá demais.
    Só que, eu gostaria muito se vocês pudessem colocar algo como a política, organização, e as construções. Seria muito bom. Mas, mesmo assim, eu repito: O site tá demais.
    Fizeram um bom trabalho.

    Abraços.

  8. LETICIA disse:

    nossa
    MUITO BOMM
    ajudou demais no trabalho importanterrimo da escolaa
    MUITO BOMMMMMM
    veleuuu xD

  9. valesca disse:

    ñ tinha o que eu queria

  10. Juliana Priscyla. disse:

    O texto da otimo!

    vcs me ajudaram muito no meu trabalho escola!

    beijos!

    tchau..

  11. Bicioooo!!! disse:

    Nossa, muita mão cheia para fazer essas comida né?

  12. joão disse:

    foi muito gooooooooooooooood
    lolzão

  13. oi eu queria saber que esse tem que ser mais completo em quem fez isso que se ligue pensao que é o que em .se cuida quem fez isso

  14. alexya thalia disse:

    sera que eles ncmem arroz macarrao feijoa
    e outras coisas mais

  15. erdna disse:

    não gostei porque ñ tem costumes

  16. Larissa disse:

    nossa eu adorei
    eu tinha hum trabalhuh de história pra fazer e achei boas partes nele!
    valew

  17. loirinha ' disse:

    Só teeem esse coostuumeee aeeew ?

    Maaaais até que fooi UTIL pra alguma coiisa ‘heehee

    Vlllw ‘.. Beeeijoooo :)

Deixe seu comentário

*