2
escrito por The Earth 7lk

Depois da morte de Tenoch, o líder Asteca responsável pela viagem de Astlán para Tenochtitlán, a geração mais antiga dos Mexicas decidiu eleger um tlatoani (imperador) que pudesse sustentar a localização da nova cidade.

Acamapichtli foi o escolhido e se tornou o fundador da dinastia imperial Asteca. Prevaleceu de 1376 d.C. até 1395 d.C., quando morreu e deu lugar ao seu filho mais velho: Huitzilíhuitl.

Acamapichtli

O novo imperador não era nativo de Tenochtitlán, mas sua linhagem o credenciou como sendo o mais apto a assumir a responsabilidade. Seu pai, Opochtzin, era um líder Mexica, enquanto sua mãe Atotoztli era filha do senhor de Culhua, Nauhyotl. Acamapichtli também possuía linhagens com os Alcohuas, de Coatlinchan. Com essa genealogia, Acamapichtli era considerado um herdeiro direto dos Toltecas.

Em Texcoco, Acamapichtli vivia com sua mãe e na época que assumiu o trono de cihuacóatl (governador) possuía 20 anos. Depois de sua consolidação, foi levado a Tenochtitlán e sua entrada na cidade foi seguida de grandes festas. Casou-se com Ilancueitl, filha do então governador de Culhuacán, Acolmiztli.

Para consolidar as relações de Tenochtitlán, Acamapichtli ainda se casou com mulheres de cada uma das cidades-estado do império.

No mesmo ano, a cidade-estado irmã de Tenochtitlán, Tlatelolco, também elegeu um tlatoani estrangeiro – era Cuacuapitzahuac, filho de Tezozómoc, tlatoani da cidade tepaneca de Azcapotzalco, uma outra grande potência da região.
Construída no meio do Lago Texcoco, Tenochtitlán sofreu com a limitação de suas terras para agricultura. Acamapichtli ampliou o sistema agrícola expandindo os chinampas, conhecidos também por “jardins flutuantes”, que ficavam posicionados entorno da cidade e também tomando para si os chinampas de outras cidades, como por exemplo Xochimilco. Acamapichtli proporcionou também um grande avanço na arquitetura de Tenochtitlán – as escavações para a construção do “Templo Maior” tiveram início no seu reinado.

Durante o governo de Acamapichtli, a cidade de Tenochtitlán foi dividida em setores (ou bairros, ou até mesmo cidades-estado): Moyotlán ao sudoeste, no sudeste Zoquipan, Cuecopan ao noroeste e Atzacualco no nordeste. Casas feitas de madeira foram substituídas por casas de pedra. Um grande templo, chamado teocalli (templo unido a uma pirâmide), foi construído. Acredita-se que as primeiras leis astecas tenham sido feitas.

Em 1382 d.C., Acamapichtli foi nomeado tlatoani (imperador) definitivamente. Foi coroado com uma festa muito maior, no altar de Huitzilopochtli (o deus do Sol e da guerra). Acompanhado nos degraus pelos guerreiros mais conceituados da época e depois ungido com óleo e água do chefe dos sacerdotes, era também presenteado com uma coroa (ou xiuhuitzolli.Essa cerimônia foi repetida durante todas as outras coroações que foram realizadas em Tenochtitlán, com a diferença de que, a partir de 1427 d.C., os novos imperadores eram acompanhados dos governantes de Texcoco e Tlacopan, as outras cidades da Tríplice Aliança.

Acamapichtli era um bom político, inteligente e perspicaz que fortaleceu sua posição com muito mais alianças do que guerras (acredita-se que durante o reinado de Acamapichtli existiram somente duas ou três guerras).

A primeira esposa de Acamapichtli, Ilancueitl, não lhe proporcionou um filho. A mãe de Huitzilíhuitl, seu sucessor, foi a filha do governador de Tetepango. Um outro filho de Acamapichtli, Itzcóatl, também se tornaria imperador em 1427. A genealogia era muito importante para os Astecas e por isso todos os futuros imperadores Astecas descenderiam de Acamapichtli.

Por The Earth

Acabou a leitura? Talvez você se interesse por isso:

2 Comentários para 'Acamapichtli, o primeiro imperador Asteca':
  1. Karolinda disse:

    ESSA É A MELHOR EXPLICAÇAO QUE AXEI OBRIGADO RIREI NOTA 10 NO TRABALHO

  2. lima disse:

    Considero excelentes as informações postadas e as participações são curiosas e por vezes com fundamentos teóricos que ampliam a visão do assunto em lide. Gostei muito do site, embora seja a primeira vez que tenho oportunidade de estar nele.

Deixe seu comentário

*