5
escrito por Totzil

Histórico

Quando os Incas conquistaram os Andes, impuseram o culto ao deus Sol. Todas as tribos construíram um templo em homenagem ao Sol, mas o principal templo ficava em Cuzco, capital do império Inca. Outros deuses também eram adorados, como: a Lua, os deuses do arco-íris, do trovão, porém reinava Viracocha (o criador), que era o pai da Lua e do Sol, e dirigia o destino dos homens. A religião Inca era de caráter politeísta.

A Religião consistia-se numa mistura de culto à natureza e crenças mágicas. O principal deus cultuado, era o Sol (Inti), e todas as tribos tinham que construir um templo em sua homenagem, porém, o principal templo ficava na capital do Império Inca. O imperador era considerado descendente do deus Sol e, por esse motivo era visto como um deus também. O culto ao deus criador, o Sol, supunha um conceito intelectual e abstrato, limitado somente à nobreza. Os Incas sacrificavam tanto animais como humanos para agradar seus deuses.

Como já foi dito, os grandes deuses Incas, eram as forças da natureza, principalmente o sol (Inti) e, a lua (Quilla). Os deuses do trovão e do arco-íris eram igualmente importantes, bem como os deuses das plantas brilhantes. Os Incas acreditavam que o criador era quem dirigia o destino e os planos e também acreditavam que os deuses habitavam uma zona escura do céu denominada “soco de carvão”, situada na via láctea.

Nas ruínas da cidade de Machu Picchu, é possível ver um relógio solar que descreve o percurso do Sol, personificado por Inti.

Relógio Solar Inca

Inti e a sua esposa, Pachamama (deusa da Terra), eram vistos como divindades benevolentes.

Segundo um antigo mito Inca, Inti ensinou Manco Capac e Mama Ocollo, seus filho e filha respectivamente, as artes da civilização e mandou-os para a Terra para instruir a Humanidade, com o que eles haviam aprendido.

Inti ordenou aos seus filhos que construíssem a capital Inca onde a tupayauri havia caído ao chão. A tupayauri era uma espécie de alavanca dourada divina. Manco pegou a tupayauri e foi sondando o chão com ela, num dado ponto, ele atirou-a para o chão e então, a tupayauri enterrou-se no chão, tendo terminado aí a busca pelo local. Os Incas acreditavam que isto aconteceu na cidade de Cuzco, que foi fundada pelo Ayar.

Ainda hoje, Inti é celebrado no Perú, durante o festival de Inti Raimi em Cuzco, onde um drama Inca relacionado com o deus Sol é re-encenado.

Deuses e Significados

VIRACOCHA – Esplendor originário, Senhor, mestre do mundo – foi a primeira divindade dos antigos Tiahuanacos, proveniente do Lago Titicaca. Como o seu homônimo Quetzalcoatl, surgiu da água, criou o céu e a Terra e a primeira geração de gigantes que viviam na obscuridade.. Semelhante ao Deus Nórdico Odín, Viracocha foi um deus nômade, e como aquele, tinha um companheiro alado, o condor Inti, grande profeta.

Imagem de Viracocha no Portal do Sol Inca

INTI – o Sol, chamado “Servo de Viracocha” – exercia a soberania no plano superior ou divino, do mesmo modo que um intermediário, o Imperador, chamado “Filho de Inti”, reinava sobre os homens. Inti era a divindade popular mais importante: era adorado em muitos santuários pelo povo inca, que lhe rendiam oferendas de ouro, prata e as chamadas virgens do Sol. Inti, o deus Sol, era a divindade protetora da casa real. Seu calor beneficiava a terra andina e fazia as plantas florescerem. Era representado com um rosto humano sobre um disco radiante. A grande Festa do Sol, o Inti Rami, era celebrada no solstício de inverno. Para dar as boas vindas ao Sol, ofereciam-lhe uma fogueira, onde queimavam uma vítima em sacrifício, junto com folhas de coca e milho. Ao final da celebração, exclamavam: “Oh Criador, Sol e Trovão, sede jovens sempre! Multiplicai os povos! Deixai que vivam em paz!”

MAMA QUILLA ou Mama-Kilya – Mãe Lua, Esposa do Sol e mãe do firmamento – dela se tinha uma estátua no templo do Sol. Essa imagem era adorada por uma ordem de sacerdotisas, que se espalhava por toda a costa peruana. Era a encarregada de regular os ciclos menstruais das mulheres.

PACHA MAMA“A Mãe Terra”, tinha um culto muito idolatrado por todo o império, pois era a encarregada de propiciar a fertilidade nos campos. Na Terra dos Incas a Pachamama se identifica também como a “Deusa do Dragão”, que habita as profundezas da montanha e que ocasionalmente provoca terremotos.“Pacha” significa “tempo” na língua Kolla, mas seu significado engloba o universo, o mundo, o tempo, o lugar, enquanto que “Mama” é mãe. A Pachamama agrega um deus feminino, que produz e agrega. Ela é adorada em suas várias formas: os campos arados, as montanhas como seios e os rios caudalosos como seu leite. Refere-se também, ao tempo que cura as dores, que distribui as estações e que fecunda a Terra. Esta Mãe Terra teve seu culto idolatrado por todo o Império, pois era a encarregada de propiciar a fertilidade nos campos. Para garantir uma boa colheita, espalha-se farinha de trigo na plantação e celebram-se rituais em sua homenagem.

MAMA COCHA“A Mãe Mar”.

PACHACÁMAC – o espírito que alenta o crescimento de todas as coisas, espírito pai dos cereais, animais, pássaros e seres humanos.

MAMA SARA“A Mãe Milho”.

APU ILLAPU – O deus da chuva – era uma divindade agrícola. Na época da seca faziam peregrinações aos templos consagrados a Illapu, construídos em regiões altas. Caso a seca fosse muito persistente, ofereciam-lhe sacrifícios humanos. Os incas acreditavam que a sombra de Illapu encontrava-se na Via Láctea, de onde jorrava a água que cairia na terra em forma de chuva.

Por Totzil

Acabou a leitura? Talvez você se interesse por isso:

5 Comentários para 'Incas: Religião':
  1. karoline disse:

    adorei deixei comentario no site dos maias
    gostei muito obrigadu pela ajuda[:d]

  2. Camila disse:

    Olá, Adorei o seu blog-site. Adorei o conteúdo. queria saber o seguinte. estou louca atrás dos desenhos de Mama Quilla e Mama Cocha. Não encontro em lugar algum… vc sabe onde posso encontrar?
    grata e parabéns pelo site!

  3. NAZARENO SANTOS disse:

    se ñ fossem vc’s o quê seria daqueles que ñ têm tempo para recorrer ao livro.
    vocês são Imprescindíveis.
    muito obrigado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  4. mariana disse:

    mto legal aprendi mto!imagino o esforço de vcs fazer td isso pa nos ajudar!mto obrigada!S2

  5. mariana disse:

    mto legal aprendi mto!
    imagino o esforço!
    ahh!e ñ acredito em 2012!
    obrigada pelas figuras as explicações e td!!!
    mto obrigada!

Deixe seu comentário

*