15
escrito por Totzil

O Quinto Sol

Os Incas crêem estar vivendo o quinto mundo onde, cada um dos mundos anteriores haviam tido a duração de mil anos e cada mil anos aparecia um Sol novo e reinicia a recuperação dos anos. Ao passar o instante que transcorre entre duas idades há o Pachacúti que quer dizer inversão do mundo, tempo de grandes transformações, tempo de destruições, de desolação e restauração por esta razão a destruição a conquista espanhola foi vista pelos incas como um Pachacúti.

Este aspecto do tempo também existe nos conceitos do cristianismo, o Juiz o final bíblico, só que o bíblico é percebido como um futuro já o pachacuti esta a ocorrer neste momento e se faz por acabado com o retorno do novo Sol que dizem estar para acontecer nos próximos anos. Foram achadas várias provas que os pré-colombianos acreditavam em um deus, desta forma seus respectivos nomes, Viracocha, Ayar, Tunupa ou Tonopa, Illapa-Libiac, Pariaca-Cuniraya- Tutayquiri- Huallallo Carhuincho-Pachacamac, Inkarri, Pishtaco ou Naqaq, mas foi provado que mesmo tendo tantos nomes Viracocha (Criador) foi realmente um único deus, seguido por seus Filhos Sol (Manco Capac) e Lua (Mama Oclo), e de seus filhos vieram os herdeiros do império do Sol.

O Disco Dourado

Uma lenda diz que, quando os conquistadores espanhóis chegaram ao Peru e começaram a roubar o ouro e pedras preciosas das tribos incas, um sacerdote local chamado Aramu Maru fugiu de seu templo com a ajuda de um “disco dourado” e alcançou as montanhas de Hayu Marca. Na companhia de um outro xamã, Hayu Marca realizou um ritual que fez com que “a porta se abrisse e dela saísse uma intensa luz azul”. Então, conta a lenda, Aramu Maru entregou o disco dourado ao outro xamã e passou pela porta “para jamais voltar a ser visto”.

Arqueólogos, pesquisadores e curiosos que vêm visitando o local, aparentemente influenciados pelas lendas, deram relatos à imprensa peruana dizendo terem visões de luzes, túneis e estrelas no interior das estruturas, assim como terem ouvido “uma estranha música”.

Esses depoimentos não podem ser tomados muito a sério, porém a descoberta não deixa de ser, por enquanto, um interessante achado para estudo do imaginário dos incas e da população local. Há registros, por exemplo, em reportagens de jornais da região, de mais de 20 anos de depoimentos de avistamentos de objetos voadores por ali. Isso aconteceu bem antes da descoberta das ruínas da porta, fazendo com que se deixe de lado, portanto, qualquer influência das lendas.

Surgimento do Imperio Inca

A milhões de anos atrás, Viracocha (Criador do Universo), deu vida a seus dois filhos, Mama Oclo (filha da Lua) e Manco Capac (filho do Sol), que foram colocados por ele em suas respectivas ilhas, a da Lua e a do Sol, que ficam situadas no lago Titicaca. Os dois juntos tinham por dever localizar um local para a construção do seu império. Chegando a região do altiplano andino onde hoje se situa a cidade de Cuzco, Manco enterrou seu bastão na terra, a qual abriu uma fenda e o encobriu, e assim ele passou a chamar aquele local de Cuzco (Umbigo do mundo), no qual em anos foi denominada a capital do império Inca, e onde se situavam as fortalezas históricas do império Inca, a cidade de Cuzco foi construída no formato de um Puma na qual sua cabeça situa-se a fortaleza de Sacsahuaman, essa região é recoberta de mistérios, no qual há a existência de um túnel ligando as duas cidades, desde de Cuzco até o Kkoricancha (templo do Sol), qual hoje é a Igreja de Sto. Domingo .

Surgimento do Imperio Inca – Outra Versão

Uma lenda diz que depois de um grande dilúvio, apenas um homem e uma mulher se salvaram, esses Mama Oclo, e Manco Capac, foram arrastados em uma balsa de Tora até as margens do lago Titicaca, esses saíram em busca de um novo lugar para viver, chegando a região do altiplano Andino, dizem que Manco Capac enterrou seu bastão e denominou aquele local de Cuzco (umbigo do mundo),dai pra frente eles iniciaram o esplendido Império Inca.

Isso sempre nos levou a crer que esta história não passava de uma lenda, mas um grupo de pesquisadores que inclui 10 brasileiros descobriram no fundo do lago Titicaca, vestígios do que já haveria de ter sido uma cidade, foi encontrado construções que nos levam a crer que eram templos, e peças de cerâmica e outros materiais. Isso pode ser a resposta para a origem do império Inca, pois como vocês vêem a ciência e os estudos vem trazendo a tona o que já era dito por milhares de anos pelos Incas.

Porta de Hayu Marca ou Porta de Aramu Muru – portão para a terra dos deuses

Antigas lendas dos incas dizem que nas montanhas existia uma porta, por onde era possível viajar e voltar do mundos dos deuses, e através da qual os deuses vinham ao nosso mundo, para manter contato com os mortais. As ruínas conservadas do que parece ser essa porta foi descoberta recentemente por um guia turístico peruano, nas montanhas Hayu Marca, a 35 quilômetros de distância da cidade de Puno, sul do Peru.

Embora seja chamada de “Cidade dos Deuses” nas lendas incas, Hayu Marca não apresenta vestígios de construções, embora as formações naturais sejam semelhantes a edifícios e formem um conjunto parecido com o de uma cidade. A área jamais foi bem explorada, por ser de difícil acesso e ficar numa parte muito escarpada das cordilheiras locais.

Porta de Hayu Marca

A “Porta de Hayu Marca” ou “Porta de Aramu Muru” mede exatamente 7 metros de altura por 7 de largura e tem em seu interior uma caverna menor, de 2 metros de diâmetro. Foi encontrada por acaso pelo guia turístico José Luís Delgado Mamani. Depois de encontrar a caverna, Delgado entrou em contato com arqueólogos do Governo em Puno, La Paz e Lima e logo a região ficou cheia de arqueólogos e historiadores da civilização inca. Eles já tinham ouvido falar das lendas indígenas que diziam que naquela região havia um “portão para a terra dos deuses”. Segundo essas lendas, há muito tempo grandes heróis passaram através da porta para juntarem-se aos deuses numa nova vida de imortais. Em algumas raras ocasiões, dizem as lendas, alguns desses homens voltaram após um pequeno período com os deuses, para inspecionar todas as terras no reino.

Porta de Hayu Marca

Atahualpa

Mas além desse também a uma história que diz que a cabeça de Atahualpa o último imperador Inca foi enterrada na cidade de Cuzco no qual o propósito era de que com o tempo a terra reconstituísse seu corpo, ele retornasse para libertar o império da mão dos que não souberam respeitar a cultura de um povo que se desenvolvia mais rapidamente que os europeus.

Atahualpa

Por Totzil

Acabou a leitura? Talvez você se interesse por isso:

15 Comentários para 'Mitologia Inca: Lendas ou Verdades?':
  1. Alberto Beuttenmüller disse:

    Primeiro, a cabeça de Ataualpa foi colocada num poste. Como gerou uma grande manifestação entre os incas, ela foi posta na Catedral de Cuzco, mas as manifestações permaneceram, até que a cabeça do Inca(filhodo sol) foi enterrada junto com o corpo, para que sua alma tivesse o descanço e a paz no além, segundo os princípios incas. Há quem diga que a cabeça ainda está na catedral.

  2. Fenrir disse:

    Realmente muito interessante, com certeza ainda temos muito o que descobrir sobre essa incrível civilização, que de maneira ainda misteriosa construía suas cidades nos picos das mais altas montanhas, deslocando pedras de até 100 toneladas. O mistério de Ataualpa nos mostra a crença desse povo. Não sabemos se sua cabeça poderá ser encontrada, mas o mais importante é entender um pouco mais do legado deixado pelos Incas.

    Professor, agradecemos a sua participação, sempre somando com a equipe 2012 – Dois Mil e Doze. Esperamos que, juntos venhamos contribuir para que alcancemos um futuro mais límpido.

  3. jessica disse:

    isso é muito bala pq,+ vcs poderiam mandar as lendas deles + especificamente

  4. Luiz Inácio Lula da Silva disse:

    Muito interessante!!!
    brigado pelas dicas!!
    mas melhora, ele está muito antigo, renova rapaz..!!

  5. Luiz Inácio Lula da Silva disse:

    Tira essa cor preta bota um mais claro, tipo azul marinho!!!

  6. ane disse:

    ADOREI,QUERO MAIS DTALHES…

  7. junior arruda disse:

    ba issu awe é muito bala meu gostei muito e estou muito satisfeito com o q eu liiii

  8. Alter do Chão Santarem Para brasil

    21 12 2008 16 1+6=7 as 07hrs 00= 77

    ELDORADO Profesia do Código 9

    E Importante que esse encontro acontece dia 09 02 2009 em Alter do Chão 1 Anniversario do Aquifeiro Alter do Chão.
    Tmeos que fazer encontrare no dia 21 12 2012
    O Condor Kantur de Urin
    E a Águia Anga de hanan
    Se juntaram em Jahanpacha ( o céu) nos temos 4 anos para se entender

    O ENCONRO entre a águia e o condore

    Profesia; INCA( Quipus a ciensa exata)

    Tudo este codificado dentro dos Quipus achado no dia 05 03 2006 =8 em Chonquaquiron Ande do Peru ria Apurimac com certeza deixado no seus devido lugar a profecia disse.

    A Águia tem que ter a sabedoria de conversar com o norte.
    Perecíamos devolver toda a arqueologia de sacerdote importante que tudo volta tudo e que esteja em seu devido lugar ante de 21 12 2012.
    O perdão e divino.

    As profecias dos índios incas — conforme transmitidas por Willaru Huayta, um peruano descendente da Nação Quéchua — refletem sua antiga religião solar, cósmica, universal. A tradição permanece viva, particularmente na floresta amazônica, o retiro final e o santuário da tradição da sabedoria do Império Inca. As profecias incas dizem que durante os últimos cinco mil anos a “águia do norte” e o “condor do sul” estiveram voando separadamente, e quando eles voltarem a voar juntos, como está começando a acontecer agora, as pessoas começarão a se comunicar, a sentir e a agir novamente a partir do coração, pleno dos mais nobres sentimentos.

    As tradições incas adotam os ideais de Atlântida, cultura antiga que reinou sobre a Terra e que foi destruída por um grande cataclismo há mais de 12.000 anos atrás. Os sobreviventes desta era mundial iluminada criaram o núcleo para a sobrevivência de sua civilização original na América do Sul, com prósperas colônias independentes em vários outros lugares. Mas sua ciência-religião-tecnologia foi definitivamente comprometida em razão da chegada dos espanhóis na América do Sul, que eram inimigos da perspectiva solar ou transdimensional da Vida e da Evolução, e a humanidade tem degenerado desde então. A ciência materialista e cartesiana e a cultura patriarcal não são capazes de ver o mundo em termos multidimensionais e encarar a realidade do espírito que está no cerne dos costumes antigos, razão pela qual o materialismo tornou-se inteiramente dominante, cegando a humanidade inteira para outras e mais extraordinárias possibilidades de crescimento e progresso.

    Há tempos atrás, por volta de 1750, o grande Inca Shora Atahuallpa teria advertido os Soldados do Sol de que a humanidade quebrará sua conexão com as forças naturais, internas e externas ao Ser, perderá seu caminho, quando os povos se tornarão perdidos na escuridão, explorando e matando-se uns aos outros. Porém, mudanças já estão em andamento e progredindo muito rapidamente. Suas visões mostram que a humanidade entrou na Era de Aquário por volta de 1962, e que esta “quinta geração solar” encontra-se ainda em seus estágios iniciais de desenvolvimento. Entre 1962 e a Convergência Harmônica de 1987, determinadas pessoas começaram a receber mensagens e tiveram seus poderes internos ativados para que pudessem completar suas missões na Terra, contribuindo de modo intenso para que a maturidade do atual estágio possa ser logo alcançada.

    Ele declara que cataclismos estão a caminho agora e marcarão este momento de transição, embora afirme que não há qualquer necessidade de nos preocuparmos diretamente com isso, sendo mais importante inaugurarmos novas vidas para nós e para nossas famílias. A Terra tremerá, o ar será preenchido com furacões e tornados, o oceano terá ondas imensas e haverá grande calor e também frio repentino e intenso. Faz-nos ver, ainda, que o ano de 2013 é o fim do calendário Inca.

    Segundo Huayta, os cataclismos decisivos acontecerão até o ano de 2013, principalmente por conta da crescente aproximação de um grande asteróide, com poderosíssimo núcleo magnético, três vezes mais intenso do que o de Júpiter. Ele se aproximará sensivelmente da Terra e sua força ativará a etapa final dos processos de transformação da Terra e de todos os que nela habitam, em todas as escalas e dimensões. Quando os piores cataclismos tiverem passado, o povo-semente, que aos poucos está se isolando em retiros especiais em certas montanhas ao redor de todo o planeta e muito especialmente na América do Sul, retomará e começará uma nova civilização e uma nova ciência e sua conseqüente tecnologia, pautadas em postulados definitivamente transdimensionais, com plena harmonia e equilíbrio entre as polaridades masculina e feminina, material e espiritual.

    Os remanescentes da quinta geração desaparecerão com os últimos cataclismos, e suas almas migrarão para outros mundos onde poderão encontrar ambientes mais compatíveis com suas índoles agressivas, egoístas, sectárias, guerreiras, dominadoras e depredadoras. Os demais herdarão a Terra, sempre à medida que formos capazes de trazer para nossas vidas reais a Luz-Consciência-Sabedoria que nos habita, e que nos poderá abrir as portas para que possamos realizar em nossos destinos a oportunidade de sermos a semente da “sexta geração”, a geração que repovoará a Terra inteira e se confraternizará com os mundos espirituais e com nossos irmãos maiores do espaço sideral e de outros mundos habitados.

    Dia 08 e 09 02 2009 1 Aniversario do Aqüífero Alter do Chão.

    Dia de Lua cheia
    Seminário discute políticas para águas subterrâneas
    Da Redação
    Agência Pará
    O nível planetário, as águas subterrâneas representam um manancial de 97% de águas doces e líquidas. No Brasil, os chamados aqüíferos – bolsões de águas nos subsolos – são responsáveis por 90% da regularização (perenização) dos rios córregos, lagos e outros corpos deágua, permitindo que continue com água durante a estiagem, período de seca. Metrópoles como Belém ainda suprem suas necessidades, total ou parcialmente, recorrendo às águas subterrâneas, responsáveis por mais da metade do abastecimento público no país.
    O Pará se destaca também nesse cenário de riqueza hídrica na planície amazônica, com o aqüífero “Alter do Chão”, localizado na região Oeste, ainda com potencial a ser estudado. Mas é possível adiantar que tem mais volume de água que o famoso aqüífero “Guarani”, festejado como o de maior reserva no Brasil.
    Mas todo esse potencial corre risco de poluição, o que já ocorre, se políticas públicas para proteger e fazer a gestão integrada desses recursos não forem estabelecidas em parceria entre os Estados e o governo federal, por meio da Agência Nacional de Águas (ANA).

    1 Adversário Do Aqüífero de Alter do Chão ( O maior aqüífero da Amazônia))
    1 IRONMAN DA AMAZONIA
    3.600 metros de nado no lago verde
    180 Km montaine bike trilha na floresta
    Uma maratonha nas trilha de Alter do Chão
    Insriçao dese 01 09 2009
    Local; Praia do Cajueiro Alter do Chão Santarém Para.

    Entrada : por dia 1 real e um kilo de alimento não perecível para a Natal da casa dos Idosos de Alter do chão
    3 reais com direto a 2 reais para revitalização dos viveiros da escola da floresta. E 1 kilo de alimento.
    .
    Inicio: 18 h com ritual Indígena kayapo mundurucu borari e inca Indígena do Peru

    No por do sol Lançamento por avião de semente de Açaí nas cabes era do lago Verde

  9. thanus disse:

    acredito que as escruturas possam abrir tal portal

  10. Jonsu Vasq disse:

    FASCINANTE! CONTUDO, COMO QUASE TODAS NARRATIVAS DE “REALISMO FANTÁSTICO”, NUNCA SE TEM UMA CONFIRMAÇÃO REAL E FIDEDÍGNA DO RELATADO; POR EXEMPLO UM VÍDEO E/OU FOTOS DE ÓTIMA RESOLUÇAO DE UM OVINI E/OU ET E CORRELATOS. ASSIM, CONTINUO BUSCANDO, MEMSMO PARA UMA EXPERIÊNCIA PARTICILAR.
    ABRAÇOS,
    vasq@oi.com.br

  11. Guilheme disse:

    Todo mundo deveria saber sobre a destruição do mundo,mas as pessoas estão peucupada com o materialismo demais, e nem se eles soube-sem sobre isso nem ligariam.

    Todos são egoístas e mesquinhos só pensam em materialismo, mais ainda bem que a um lugar onde os costumes,a cultura e as nações Astecas,Maias e Incas.

    Se você quiser saber mais mande seu IMail e seu comentário.

  12. Guilheme disse:

    Todo mundo deveria saber sobre a destruição do mundo,mas as pessoas estão peucupada com o materialismo demais, e nem se eles soube-sem sobre isso nem ligariam.

    Todos são egoístas e mesquinhos só pensam em materialismo, mais ainda bem que a um lugar onde os costumes,a cultura e as nações Astecas,Maias e Incas e é graças aos Alienígenas, Antro terrenos,a um cometa e a diplomacia entre si.

    Se você quiser saber mais mande seu IMail e seu comentário.

  13. Cecília Abreu disse:

    Olá, sabe algo sobre a criação do império inca na versão da lendas dos irmãos Ayar? Achoq vale colocar aí tb.

  14. matheus disse:

    nossa maneiro!muito bom porque a gente fica sabendo mais sobre os tempos passados!imteressantissimo!!!

  15. leila disse:

    e..
    ate ke isso ta bakaninha..
    mas tem ke melhorar mais..
    hehehehe
    bjim p vcs!!!!

Deixe seu comentário

*